Páginas

21 de fev de 2013

Filme Snuff

|


     Já tinha ouvido falar sobre esse assunto, porém só não sabia a denominação, então pesquisando assuntos aleatórios consegui descobrir o nome.
 
   Filmes snuff são filmes que mostram mortes ou assassinatos reais de uma ou mais pessoas, sem a ajuda de efeitos especiais, para o propósito de distribuição e entretenimento ou exploração financeira. Embora existam muitos filmes que de fato mostram mortes reais, a existência de uma indústria financeira em torno deste tipo de filme geralmente é vista como uma lenda urbana.
 
Alguns casos de filmagens de assassinato reais:
  • Entre 1983-1985, Charles Ng e Leonard Lake gravaram torturas cometidas contra algumas mulheres, que mais tarde morreram.
  • Em meados dos anos 90, o assassino em série Paul Bernardo e Karla Homolka ambos gravaram separadamente algumas de suas vítimas de estupro. As cenas dos assassinatos foram vistas apenas pelas autoridades policiais e corpo de jurados.
  • Em 1997 Ernst Dieter Korzen e Stefan Michael Mahn gravaram as suas sessões de torturas contra duas prostitutas. A segunda vítima escapou e os dois foram sentenciados a prisão perpétua. Os executores alegaram que foram contratados por uma empresa que revendia os vídeos para a internet.
  • Em 2001, Armin Meiwes gravou o assassinato de Bernd Jürgen Armando Brandes.
  • Em julho de 2007, um vídeo surgiu na internet onde um homem de 48 anos foi assassinado com diversos golpes de martelo na cabeça, mais tarde foram identificados os assassinos; Viktor Sayenko e Igor Suprunyuck, mais conhecidos como Maníacos de Dnepropetrovsk. O vídeo de cerca de 7 minutos mostrava Sergei Yatzenko levando repetidas marteladas na cabeça, e posteriormente perfurado com uma chave de fenda.
  • Em dezembro de 2009, o ex-militar das forças aéreas Russell Williams, julgado por invasão de domicílio e crimes sexuais, foi acusado de assaltar duas mulheres e assassinar outras duas: Marie-France Comeau, de 38 anos, e Jessica Lloyd de 27 em Belleville, Canadá. Os seus corpos foram encontrados numa rodovia próxima, porém os vídeos dos assassinatos não foram visto nem no tribunal.


Cannibal Holocaust: produção que foi acusada de ser um Filme Snuff






 
O tema já foi explorado no cinema e na televisão:
  • Hardcore (1979), dirigido por Paul Schrader, explora o assunto.
  • A produção italiana de 1980, Cannibal Holocaust, foi acusada de ser um filme snuff. O seu diretor, Ruggero Deodato, ficou detido até provar que os atores do filme estavam vivos.
  • O filme 8 Milímetros (1999) de Joel Schumacher, interpretado por Nicolas Cage e Joaquin Phoenix, trata do tema.
  • 15 Minutos (filme de 2001, do diretor John Herzfeld, com Robert DeNiro e Edward Burns), trata também da questão.
  • O filme sérvio de 2010 A Serbian Film (Srpski film) tratou o filme inteiro disso.
  • O filme de terror, Pânico 4 trata disso.

Um comentário:

  1. Eu não curto esse tipo de filme =s
    Tenha um ótimo feriado.

    ResponderExcluir